Quinta, 09 de Dezembro de 2021
(92) 992559421
Política Política

Em Manaus, Bolsonaro diz que CPI da Covid tem “dois folgados do AM”

Para o mandatário a Comissão foi feita para blindar os amigos dos senadores e acusar quem trabalhou.

28/10/2021 10h28
91
Por: Redação
Em Manaus, Bolsonaro diz que CPI da Covid tem “dois folgados do AM”

Em entrevista ao apresentador Sikêra Junior nesta quarta-feira (27), o presidente da República Jair Bolsonaro, que está em Manaus, comentou sobre a CPI da Covid e disse que o colegiado tem dois ‘folgados do Amazonas ‘referindo-se aos senadores Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB). Para o mandatário a Comissão foi feita para blindar os amigos dos parlamentares e acusar quem trabalhou.

“O G7 (grupo majoritário CPI da Covid), que tem dois folgados aqui do Amazonas, chegam em Brasília para fazer política, abrem a CPI com o relatório pronto e começam, praticamente, a torturar muitas pessoas. Uma senhora, Nise Yamaguchi, mais de 60 anos de idade, infetologista, o Luciano Hang”, disse Bolsonaro ao relatar as medidas tomadas por sua administração na Pandemia antes da instauração da CPI.

“Interrogaram quem bem intendiam e queriam o tempo todo conduzir o depoimento, isso atrapalha a imagem do Brasil pois o pessoal de fora fica pensando que é um país sem lei, de um presidente genocida”, completou.

O presidente também comentou que Omar Aziz é autor de uma emenda que autorizaria a compra de vacinas contra covid sem licitação e sem o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“O Omar Aziz aqui do Amazonas ele implantou uma emenda a uma medida provisória nossa, cujo o relator era o nosso querido senador do Amapá Randolfe Rodrigues, pedindo que qualquer prefeito ou governador podia comprar qualquer vacina de qualquer lugar do mundo sem verificação da Anvisa e sem licitação. Imagina a festa que ia ser. Barramos isso e ele ficou bravo e daí ele veio para cima de mim”, explicou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias